Festas, Férias, Verão...Vai passear? Identifique seu Pet e não perca seu animalzinho de Estimação | Petscom PetShop - O Melhor PetShop Online da Web! Os cuidados com filhotes de cachorro são muito importantes para o bom crescimento do pequeno cãozinho. Veja dicas de cuidados com filhotes de cachorro para evitar de perder seu Pet, seja por distração ou descuido. Vai sair? Use plaquinha de identificação com nome e telefone gravados e não perca seu Pet.

Festas, Férias, Verão...Vai passear? Identifique seu Pet e não perca seu animalzinho de Estimação

Publicado: 26/11/2018

Verão é sinônimo de passeio com isso é muito comum que o cachorro fuja de casa ou se perca.

Mesmo tomando todos os cuidados, as famílias não estão livres de passar por essa situação. A gente torce pra isso nunca acontecer com seu animalzinho, mas preferimos ajudar você a se preparar para esse momento tão dramático e assim, aumentar a chance de você encontrar seu animal.

Prevenção

Prevenir é sempre melhor do que remediar. Nossa dica é: Identifique seu pet, use uma corrente permanente com plaquinha.

Não tire a plaquinha nunca, tenha nela os dados necessários para que um desconhecido possa devolver seu pet, tenha informações como: telefone, nome do pet, whatsapp, endereço entre outro dados.


Nunca saia de casa pra passear, trabalhar ou mesmo pra bater um papinho com a vizinha na calçada sem que seu pet esteja devidamente identificado.






É muito comum que o cachorro fuja de casa. Mesmo tomando todos os cuidados, as famílias não estão livres de passar por essa situação. A gente torce pra isso nunca acontecer com seu animalzinho, mas preferimos ajudar você a se preparar para esse momento tão dramático. Assim, aumenta a chance de você encontrar seu animal.


PINGENTE COM FOTO - OUTRAS RAÇAS??? CLIQUE AQUI


Acalme-se e entre rapidamente em ação

Mantenha a calma e aja imediatamente. Quanto mais tempo você levar para procurar, mais distante ele pode estar.


Certifique-se de que ninguém o viu pelas redondezas nas últimas horas. Então, calcule mais ou menos a distância que o mascote pode ter percorrido de acordo com o tempo de desaparecimento e faça essas rotas para tentar encontrá-lo.


Procure-o em lugares onde os cachorros da região costumam ficar. Os peludos costumam andar em grupo.


Converse com profissionais que trabalham nas ruas, como porteiros, taxistas, garis, coletores de lixo, divulgadores e mostre a foto dele.  Eles podem ter notícias do animal perdido.


Atraia-o


Deixe um pouco da comida preferida do pet para o lado de fora de casa. Pois, caso ele não tenha ido tão longe, pode ser uma boa forma de atraí-lo.


Procure-o sempre chamando pelo nome, pois, se ele ouvir seu chamado, com certeza irá atendê-lo.


Se algum dos brinquedinhos favoritos do peludo for algo que faça barulho, tente atraí-lo com o objeto.


Divulgue

Distribua cartazes pela cidade e use as redes sociais a seu favor. Compartilhe anúncios com a foto e descrição do animal perdido. As pessoas tendem a compartilhar na internet esse tipo de conteúdo. Quanto mais a notícia se espalhar, maiores as chances do animal ser identificado.




Mobilize seus amigos através do WhatsApp e peça para que eles compartilhem a mensagem.


Caso você não tenha a foto do animal, procure na internet a foto da raça e utilize a que mais se pareça com a de seu bichinho.


Coloque sempre o nome do animal, características, contato e local que foi visto pela última vez: bairro/ cidade.  Saiba como montar o seu cartaz.


Dicas que vão te ajudar a encontrar um animal perdido


Procure no mercado pet

Vá aos pet shops, clínicas veterinárias e abrigos de animais da região. Pois, muitos bichinhos encontrados são levados para esses lugares. Aproveite e peça para colocar um cartaz no local. Toda ajuda é bem vinda.


Procure o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) mais próximo de sua casa. Frequentemente animais  resgatados são levados até lá. Se ele tiver microchip ou RGA (registro geral animal), o órgão conseguirá identificar e localizar o tutor através das informações de contato.


É muito importante que você mantenha contato com esses locais com frequência para saber se há notícias sobre o paradeiro do animal perdido.


Prevenção

Prevenir é sempre melhor do que remediar. Por isso, separamos algumas dicas para evitar que esse tipo de problema aconteça.


Nossa primeira dica é:

Identifique seu pet, use uma corrente permanente com plaquinha.

Não tire a plaquinha nunca, tenha nela os dados necessários para que um desconhecido possa devolver seu pet, tenha informações como: telefone, nome do pet, whatsapp, endereço entre outro dados.


Nunca saia de casa pra passear, trabalhar ou mesmo pra bater um papinho com a vizinha na calçada sem que seu pet esteja devidamente identificado.


CORRENTES ANTIALÉRGICA DE AÇO CIRÚRGICO COM PLACA 

CLIQUE AQUI




A plaquinha de identificação, também é conhecida como tag, pingente, placa, identificador, pode salvar a vida do seu animalzinho de estimação caso ele esteja perdido.


Nunca deixe que o animal saia sozinho para a rua. Por isso, mantenha uma frequência diária de passeios. E, caso não tenha tempo para isso, contrate um dog walker.

Gatos são muito independentes e gostam de espaço. Então, é importante que o felino sinta-se sempre acolhido sempre.

Proteja as saídas da casa para evitar surpresas. Para casas e apartamento com gatos, é importante que as janelas estejam protegidas com telas de proteção. Já para cães, mantenha as portas protegidas com telas ou invista em um portão de segurança para animais.

Em datas comemorativas há muita queima de fogos de artifício, evite deixar o animalzinho sem companhia ou em lugares de fácil acesso à rua. Os bichos de estimação tendem a se assustar com o barulho e podem acabar fugindo.

Leve o pet para castrar. Há muitas incidências de machos que fogem atrás das fêmeas no cio. E, a castração além de ser muito saudável e evitar doenças, ainda previnem que os animais fiquem muito agitados durante este período.

Evite sair com animais teimosos sem a guia. Além de evitar que eles fujam, ainda previne acidentes durante o percurso. Em alguns casos é importante procurar um adestrador. Assim, será mais fácil controlar algumas atitudes do mascote.

Adquira uma coleira com rastreador. Essa não é uma medida preventiva, mas pode facilitar e muito a vida de quem está a procura de um animal perdido. Pois, o objeto funciona como um GPS para encontrar o animal É um investimento que vale muito a pena.

E se eu encontrar um animal perdido?

Agora, se você encontrou um bichinho, divulgue a informação em suas redes sociais e peça para que seus amigos compartilhem. Quanto mais pessoas espalharem o ocorrido, melhor.


Se o animal tiver o número do RGA em sua coleira, procure o Centro de Zoonozes mais perto de sua casa. Lá eles poderão identificar e localizar seu tutor.  E ainda, o órgão pode verificar se o animal é microchipado.


Apenas leve o animal para a adoção se de fato não encontrar o tutor.


Seja Responsável, Use placa de identificação com nome e telefone no seu Pet!


Voltar

Fique por dentro do nosso Mega Liquida de Natal